quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

"Funghi Secchi" - What is This!!!


Dicas e Curiosidades

Funghi Secchi é a denominação usada para cogumelos desidratados, não importa qual a espécie, mundialmente são chamados desta maneira, e para denominar os mais diferentes tipos de cogumelos. Os mais encontrados aqui no Brasil são o Shiitake, o Porcini Italiano e o Chileno. 

Todos extremamente saborosos e versáteis, cada um com sua particularidade, podem ser armazenados por muito mais tempo, aproximadamente dois ano se mantidos em ambiente ideal, além de render excelentes pratos, e possuírem muita proteína e vitaminas, que não se perdem com o processo. Funghi porcini secchi, Porcini, Funghi secchi italiano, Funghi Italiano: Denominações que referem-se ao “boletus edulis e relativo grupo”, que são originário da Europa. No Brasil são geralmente mais caros que outros funghis encontrados no país, e tem sabor mais adocicado e são mais amendoados, enquanto os chilenos, tem um sabor mais acentuados, e são mais escuros. 

O Porcini, na Itália é encontrado em 95% do país. Boletus é considerado um dos grandes dons de Deus para a humanidade, um rico inebriante, carnoso cogumelo que é surpreendentemente versátil. "Todos os anos vêm Setembro, o preço dos cogumelos cai e eu, estoco até porcini", escreveu Pellegrino Artusi, critico literário, escritor e gastrônomo italiano grande apreciador de cogumelos de um século atrás. Ele referia-se a secar os cogumelos para serem usados durante o inverno, figurando muitas mesas de toda população e a muitos anos. 


Funghi secchi Chileno, Funghi Chileno, Funghi secchi selvagem: Denominações dadas a diferentes espécies provenientes do Chile, que desenvolvem-se no sul do país, principalmente no outono e na primavera. Na região do Chile-central é muito comum, encontrar grandes cogumelos do gênero Agaricus, parentes próximos do conhecido Champignon.

Pelo fato da região ter muitos bosques, que é um habitat propício, diversas espécies se desenvolvem com facilidade, algumas são comestíveis como: Coprinus, Tremella fuciformes, Enoki, outras são venenosas, a mais temida é o chamado “Sombrero de La Muerte” (guarda chuva da morte) Amanita phalloides, cogumelo responsável pela maioria das intoxicações letais. Tem seu chapéu verde escuro ou em outras variações vermelho ou roxo, mas se descolore com a chuva, ficando branco, é facilmente confundido com algumas espécies comestíveis, especialmente quando jovens. 

É bom mencionarmos que no Chile existem espécies em menor número que em outros países temperados, e isto se dá devido ao fato do território chileno ser composto em sua maior parte por cordilheiras, desertos e glaciais, que não são bons habitas para os fungos em geral. 

Postar um comentário