quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Em busca do hambúrguer perfeito

Publicação no Blog Parceiro - Vanguard Home

Atualmente a área de alimentação está em evidências em todos os setores da economia e as hamburguerias tem a sua importante fatia no mercado. Um disco de carne grelhado, macio, suculento e servido no pão, podendo ser acompanhado de queijos, molhos e bacon, vira uma das mais deliciosas afrontas a uma dieta rigorosa. 


Além de novos hambúrgueres e hamburguerias, preparar os próprios lanches se tornou um bom motivo para reunir o pessoal, dando ao hambúrguer toques pessoais e sabores diferenciados. 

Fazer em casa pode parecer tarefa simples, mas, não é bem assim. Não basta ter carne moída, pães, queijos e saladas… É preciso entender os elementos que irão no seu hambúrguer e dar a eles o melhor sabor possível. 

Hambuerguer_TVTaroba

História do Hambúrguer 

As origens do hambúrguer são incertas e permeadas de mitos e histórias, porém é bem provável que ele tenha sido preparado como o conhecemos hoje, nos fins do século XIX ou começo do século XX. O hambúrguer moderno é derivado das necessidades culinárias de uma sociedade que mudava rapidamente devido à industrialização e, portanto, usufruíam de menos tempo para o preparo de alimentos e consumo das refeições. 

Dicas para fazer um hambúrguer perfeito: 

O cheiro e as sensações que ele desperta devem ser melhor que o próprio gosto! 

1. Ingredientes 

Comprar ingredientes certos, frescos e de qualidade farão diferença no resultado final do seu hambúrguer. 

2. Carne 

É o que realmente define se o hambúrguer é bom ou não. Muitas pessoas ligam a carne com farinha de rosca e gema de ovo, o que deixa a carne pesada. Na verdade o que da liga é a gordura, logo, devemos comprar carnes com gordura (picanha, ponta de costela, coxão duro, etc). Escolha a melhor peça e peça ao açougueiro para a limpar bem, deixando no máximo 30% de gordura. Outro segredo é pedir para moer apenas uma vez. 

3. Temperos 

O Chef Marcílio Galeano, particularmente, tempera a carne somente com sal e pimenta do reino moída somente na hora que ele sai da grelha. Mas, nada impede de temperar antes. O único defeito é que o tempo de vida da carne cai pela metade e logo você terá uma carne escura. Uma dica para dar mais sabor seria fazer o seu próprio tempero. 

Tempero de hambúrguer: 

– 100g de alho em pó 
– 100 gramas de cebola em pó 
– 30g de pimenta do reino moída 
– 500g de sal 

Misturar tudo e manter em um pote fechado para não absorver a umidade. 

hamburguer-caseiro01
4. Tamanho 


O que define a suculência da carne. Se for muito fino, ele secará de forma mais rápida e não se consegue dar o ponto. O correto é fazer um hambúrguer com a média de 200/250g onde você consiga ter uma altura de no mínimo 03 cm para chegar ao ponto desejado. 

5. O ponto ideal 

O ponto ideal é o que você gosta, nada de bem passada é o certo ou mal passado é errado. Coma do jeito que desejar. 

6. Chapa ou grelha 

Para cada um deles tem um hambúrguer de tamanho ideal. Se o hambúrguer for mais fino, a preferência é a chapa pela velocidade no cozimento. Se o hambúrguer for mais alto,grelhe apenas na Brasa. 

7. Pão 

Procure utilizar pães de sabor menos intenso para não se sobressair a carne. O pão de batata tem me agradado muito é o pão de batata e ciabatta. 

8. Fechando com chave de ouro 

Dica do Chef: Maionese caseira de alho, bacon grelhado, tomate, cebola roxa, alface fresco, mostarda e catchup…

hamburguer

Agora é só reunir os amigos e bom apetite para todos!

FONTE: http://blog.vanguardhome.com.br/10/11/2015/em-busca-do-hamburguer-perfeito/ 
Postar um comentário