quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Em busca do Sucesso

Video-aula 
Como montar um restaurante de sucesso
19 de agosto de 2015 
Gestão de Restaurantes


Fonte: http://gestaoderestaurantes.com.br/blog/index.php/2015/08/19/video-aula-como-montar-um-restaurante-de-sucesso/

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Corumbá Incrível - FEGASA

EVENTO MS

FEGASA divulga programação e realiza inscrições para oficinas gastronômicas
11 de Agosto de 2015 - 08h48

As inscrições para aulas e oficinas que serão oferecidas durante o FEGASA (Festival Gastronômico Sabores das Américas) já estão abertas e seguem até o próximo dia 20. Os interessados devem procurar a sede da Fundação de Turismo do Pantanal, localizada na ladeira Cunha e Cruz, nº37, Porto Geral, das 07h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Não está sendo cobrada taxa de inscrição, mas para confirmar a vaga é preciso fazer a doação de uma lata de leite em pó contendo 400 gramas por cada oficina escolhida. As latas de leite que forem arrecadadas serão doadas para instituições de caridade do município.

Para se inscrever em oficinas, interessados precisam doar uma lata de leite em pó (Foto: Arquivo/PMC)

Quem não conseguir garantir uma vaga para presenciar de perto as oficinas ou não possuam condições para doar as latas de leite, ainda assim poderá acompanhar em tempo real as técnicas e truques repassados pelos chefs renomados que participam do evento. É que a Prefeitura disponibilizará a transmissão simultânea no auditório do Sindicato Rural.

“Essa foi uma forma de democratizarmos esses momentos que tem atraído cada vez mais pessoas para o FEGASA. A intenção é que ninguém fique de fora desse evento que vem ao longo dos anos ganhando mais projeção tanto dentro do Estado como no país, exemplo disso, é o elenco de chefs que participam a cada edição”, comentou Hélènemarie Dias Fernandes, diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal.

Serão ofertadas 15 oficinas durante os três dias de realização do evento, assegurando a participação de 600 pessoas com direito a degustação do prato elaborado ou da harmonização realizada pelo chef de cozinha convidado.

Gastronomia é cultura

O evento acontecerá na Sede do Sindicato Rural de Corumbá e vai reunir conhecedores da cultura alimentar regional e da gastronomia contemporânea, no período de 21 a 23 de agosto, sendo realizado pela Prefeitura Municipal de Corumbá, meio da Fundação de Turismo do Pantanal, e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) do Pantanal, de forma paralela do Festival da América do Sul Pantanal. O FEGASA conta ainda com a parceria de Fundações e Secretarias Municipais, assim como do SEBRAE/Regional Pantanal.

O tema trabalhado este ano “Eu como cultura e compartilho conhecimento” foi inspirado no movimento lançado no Brasil pela aprovação do projeto de lei que visava o reconhecimento oficial da gastronomia brasileira como manifestação cultural brasileira. Inclui-se também o conceito de que a gastronomia é um conjunto de sentidos que unem técnicas e saberes locais, sabor, visual e aroma que, juntos, tocam diretamente a memória afetiva de quem os saboreiam.

Tendo o Pantanal como cenário e reduto de espécies vegetais e cultura singular, a coordenadora do FEGASA, Viviane Neves, lembra que, “em condições para o mercado e o consumo, várias espécies podem compor cada vez mais receitas diferenciadas, fortalecendo o turismo e os pequenos produtos de alimentos artesanais, já que os turistas estão sempre em busca de novas experiências, a qual a gastronomia é fundamental para agregar valor à oferta turística”.


Elenco de chefs

Pela primeira vez no FEGASA, o vencedor do Prêmio Dólmã 2015 na categoria melhor Chef Nacional, Paulo Coelho Machado Neto estará em Corumbá. Paulo é um cozinheiro do seu tempo, dedicado à pesquisa, viaja para conhecer novos sabores e tem por vocação trazê-los a conhecimento dos participantes de suas aulas. Fundador do Instituto Paulo Machado que busca ampliar o conceito da alimentação como manifestação cultural, em especial os sabores do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

A chef Vera Chaves, vencedora do Prêmio Dólmã 2015 categoria melhor chef regional, é docente e proprietária do Espaço Vera Chaves Gastronomia onde como personal chef na cidade de Campo Grande – Mato Grosso do Sul.

Também integrarão o time do FEGASA o Jimmy Ogro, o americano/carioca e cozinheiro de quase dois metros de altura que nos prova a cada participação no Programa Mais Você que é possível sim, cozinhar em qualquer lugar.

De São Paulo, pela segunda vez no FEGASA, estará à confeiteira Vanessa Taba com releituras de famosos quitutes criados especialmente com a matéria-prima local, como o cupcake pantaneiro entre outros.  A chef “Doceira” Vanessa Taba é formada em gastronomia e especializada em confeitaria. Sua principal área de atuação é no desenvolvimento e a releitura de receitas de culinária doce, a partir de preparações que misturam, algumas vezes ingredientes inusitados, e cultura de diversas regiões brasileiras.

Confirma também a presença do chef e empresário de sucesso sul mato-grossense, Marcilio Galeano, consultor em Gastronomia, que participou do quadro Super Chef 2011 no Programa Mais Você. Atuou como chef executivo do Maracutaia Boteco e do Restaurante Las 4 Vacas, ambos em Campo Grande, e é o idealizador da ACP/MS - Associação de Cozinheiros do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

O time de jovens talentos é reforçado com chef Edu Rejala, de raízes corumbaenses que é sócio-proprietário e chef do Restaurante Madame Japô, especializado em comida japonesa, além do Restaurante Imakay, onde trabalha a fusão da comida peruana e japonesa. Ambos empreendimentos estão localizados na cidade de Campo Grande.

Gustavo Helney também compõe o grupo do IV FEGASA. Ele é proprietário e chef de cozinha do Restaurante CIA Gourmet, localizado no Bahama Apart Hotel, em Campo Grande, e consultor gastronômico do Restaurante Navarro. Foi o responsável pelo cardápio da Seleção Brasileira de Futebol na passagem por Mato Grosso do Sul nas eliminatórias da Copa do Mundo da África.

O somellier Ivan Alves, nome que integra a programação desta edição do Festival, é o atual gestor da adega do Restaurante Imakay e foi o consultor dos Restaurantes Território do Vinho, Las 4 Vacas, Temakeria e Maracutaia, na cidade de Campo Grande.

Confira a programação:

21 de agosto (6ª feira)

Chef Jimmy Ogro - 14h00 às 15h00
Cozinha popular: Hambúrguer artesanal ao estilo Ogro

Chef Marcílio Galeano - 15h10 às 16h10    
Cozinha Regional: As bases do sabor: molhos para carnes e massas

Chef Vera Chaves - 16h20 às 17h20           
Cozinha Regional: Maminha soleada com farofa de quiabo e purê de banana da terra

Chef Gustavo Helney - 17h30 às 18h30      
Cozinha Contemporânea Flor Morena: carne de sol com bocaiuva e mandioca

Chef Edu Rejala e Sommelier Ivan Alves - 18h40 as 20h10     
Cozinha Peruana: Ceviche e Tiraditos com harmonização de vinho

22 de agosto (sábado)

Chef Vanessa Taba - 09h00 as 10h00
Confeitaria: Profiteroles de bocaiuva com crocante de coquinho e Bolo de bocaiuva com merengue de limão

Chef Jimmy Mcmanis - 10h10 às 11h10      
Cozinha Popular: Carne de porco do OGRO

Chef Vera Chaves - 11h20 às 12h20           
Cozinha Regional: Pintado na crosta de baru ao molho picante de manga e carpaccio de cabotiã

Chef Gustavo Helney - 13h30 as 14h30      
Cozinha Contemporânea: Pacu ao perfume do cerrado: filé de pacu recheado com queijo nicola, purê de batata doce  e maçã verde

Chef Paulo Machado - 14h40 às 15h40      
Cozinha Regional: Macarrão de comitiva com castanhas e alegria do gosto

Chef Edu Rejala - 15h50 às 17h20 
Cozinha Nikkei: Preparo de arroz para sushi e técnica uramaki

Sommelier Ivan Alves - 17h30 as 18h40            
Harmonização e serviço de vinhos

Chef Marcílio Galeano - 18h50 as 19h50          
Cozinha Regional: Frango na lata servida com sopa paraguaia mole, finalizado com queijo Nicola, farofinha de coquinho e crispe de couve

23 de agosto (domingo)

Chef Paulo Machado e a índia Leticia Mendes - 09h00 às 10h00       
Cozinha Regional: Ceviche de Mandioca

Chef Vanessa Taba - 10h00 às 11h00         
Confeitaria: Mini cupcake de bocaiuva e Cakepop de farinha de bocaiuva


Fonte: http://www.corumba.ms.gov.br/noticias/fegasa-divulga-programacao-e-realiza-inscricoes-para-oficinas-gastronomicas/18572/

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

FEGASA

EVENTO
FEGASA abre inscrições para aulas e oficinas com chefs renomados
04 de Agosto de 2015 

O FEGASA (Festival Gastronômico Sabores das Américas) abre as suas inscrições a partir do dia 05 de agosto, quarta-feira. Os interessados em participar em tempo real das aulas e oficinas oferecidas por chefs renomados poderão procurar a Fundação de Turismo do Pantanal, situada na ladeira Cunha e Cruz, nº37, Beco da Candelária, no Porto Geral.

O evento acontecerá na Sede do Sindicato Rural de Corumbá e vai reunir conhecedores da cultura alimentar regional e da gastronomia contemporânea, no período de 21 a 23 de agosto, sendo realizado de forma paralela do Festival da América do Sul Pantanal.

Serão ofertadas 15 oficinas durante os três dias de realização do evento, assegurando a participação de 600 pessoas com direito a degustação do prato elaborado ou da harmonização realizada pelo chef de cozinha convidado. Como critério de participação, a cada oficina com 40 vagas, será solicitado uma lata de leite em pó (400gr), que será doada para entidades assistenciais, como em anos anteriores. 

FEGASA acontece agora, em agosto, e terá chefs renomados (Divulgação)

Os interessados também poderão assistir às aulas oferecidas por transmissão simultânea, gratuitamente, no auditório da Sede do Sindicato. Essa é uma alternativa para os que não conseguirem vaga presencial nas oficinas ou não dispuserem de possibilidades para a doação solicitada pela coordenação do evento.

Segundo a diretora-presidente da Fundação de Turismo, “a gastronomia é uma das bases da estrutura do turismo para o lazer e para o negócio, está cada vez mais presente na rotina e no turismo corumbaense e do Brasil. O número de viajantes que arruma as malas com destino aos festivais gastronômicos é cada vez maior e os gastos com alimentação estão entre as principais despesas dos turistas que vem a Corumbá, atrás apenas da hospedagem, de acordo com pesquisa do Observatório de Turismo da Fundação”.

Temário

O tema trabalhado este ano “Eu como cultura e compartilho conhecimento” foi inspirado no movimento lançado no Brasil pela aprovação do projeto de lei que visava o reconhecimento oficial da gastronomia brasileira como manifestação cultural brasileira. Inclui-se também o conceito de que a gastronomia é um conjunto de sentidos que unem técnicas e saberes locais, sabor, visual e aroma que, juntos, tocam diretamente a memória afetiva de quem os saboreiam.

Tendo o Pantanal como cenário e reduto de espécies vegetais e cultura singular, a coordenadora do FEGASA, Viviane Neves, lembra que, “em condições para o mercado e o consumo, várias espécies podem compor cada vez mais receitas diferenciadas, fortalecendo o turismo e os pequenos produtos de alimentos artesanais, já que os turistas estão sempre em busca de novas experiências, a qual a gastronomia é fundamental para agregar valor à oferta turística”.

A razão de existir do FEGASA é justamente conscientizar a população e os turistas sobre o tesouro que se tem em mãos, levando capacitação e intercâmbio entre os profissionais de cozinha e a população através de aulas e palestras com chefs do Brasil e das Américas, promovendo a interação entre os países vizinhos, cuja cultura e ingredientes se misturam, incentivando a inovação e a boa comida regional.


O FEGASA é realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação de Turismo do Pantanal, e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) do Pantanal. Conta com a parceria de Fundações e Secretarias Municipais, assim como do SEBRAE/Regional Pantanal.


Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (067) 3232-7139 ou 3231-2886, no horário de atendimento público, que é das 07h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

FONTE: http://www.corumba.ms.gov.br/noticias/fegasa-abre-inscricoes-para-aulas-e-oficinas-com-chefs-renomados/18534/

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

T-Bone grelhado com mix de ervas

Receita da Semana

Mais uma dica do Canal do Youtube - BARBA, GRELHA E BIGODE.


segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Petit Gateau de Capim Santo

Receita

Fácil de fazer e gostoso de comer!

Imagem meramente ilustrativa. 

INGREDIENTES

Leite integral UHT 150 Ml
Capim santo 100 G
Chocolate branco 250 G
Manteiga sem sal 100 G
Farinha de trigo 100 G
Açúcar refinado 50 G
Gemas 10 Unid.
Claras 05 Unid.
Sorvete de gengibre 01 L 

MODO DE PREPARO

1. Derreter o chocolate com a manteiga e reservar.
2. Bater as gemas com o açúcar até dobrar de volume.
3. Acrescentar a farinha aos poucos e misturar o chocolate branco derretido.
4. Bater as claras em neve e acrescentar delicadamente à mistura.
5. No liquidificador, bater o capim santo com leite até obter um concentrado bem verde.
6. Peneirar e acrescentar à massa e deixe descansar por 20 minutos.
7. Colocar pequenas porções em forminhas untadas com manteiga e farinha de trigo, e leve ao forno pré aquecido a 180°C por aproximadamente 12 minutos.

Dica: Faça o teste de tempo com apenas 01 petit, para pegar o tempo do seu forno, uma vez que forno varia muito a temperatura.

Acompanhamento: Sorvete de Gengibre (Sésamo sob encomenda)

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Sobre o Consumo de Tereré

Entrevista: nutricionista Camila Bortoletto responde dúvidas sobre o consumo de tereré
O consumo de tereré é uma cultura passada de geração a geração, e essa saborosa bebida torna cada vez mais parte do nosso dia a dia. É de manhã, antes do almoço, depois do almoço, de tarde e até de noite, não tem tempo ruim, uma boa roda de teras para um tererézeiros vai bem em qualquer hora, em qualquer lugar. 


E o Blog do Teras procurando cada vez mais aprofundar o conhecimento sobre os benefícios do nosso gelado tereré, conversou com a nutricionista Camila Bortoletto para tirar as principais dúvidas, confira:

Blog do Teras - Tereré faz mal após as refeições?
Camila Bortoletto - É aconselhável que se evite o consumo após as refeições, principalmente nas grandes refeições (almoço e jantar), para que os processos de digestão e absorção dos nutrientes não sejam prejudicados.

Blog do Teras - O tereré pode cortar o apetite?
CB - Não tem muita avaliação sobre o tereré, nada comprovado sobre esse efeito. O que muitos relatam é que a bebida abre o apetite, mas nada cientificamento comprovado, apenas por relatos de usuários.

Blog do Teras - O tereré pode acelerar os batimentos cardíacos?
CB - Sim. O tereré é uma bebida muito estimulante, pois tem alta concentração de cafeína, assim como o café e alguns tipos de chás. Nada que prejudique sua saúde, mas é aconselhável procurar um médico caso sinta um desconforto.

Blog do Teras - É contraindicado tomar tereré antes de dormir?
CB - Sim. Pode causar insônia, por se tratar de uma bebida estimulante do sistema nervoso central. Recomenda-se tomar até 2 horas antes do horário de dormir.

Blog do Teras - Ingerir tereré acompanhado de narguilé pode ser prejudicial à saúde?
CB - Quanto ao tereré, não existe relação da bebida com prejuízos à garganta. Já quanto ao narguilé sim, pois a quantidade de nicotina inalada com o narguilé é pelo menos o dobro da inalada pelo consumo do cigarro normal, o que está relacionado com o desenvolvimento de vários tipos de câncer (principalmente o de pulmão) e doenças respiratórias.

Blog do Teras - Quem sofre de gastrite deve cortar o tereré?
CB - O consumo regular e contínuo pode causar leve irritação da parede do estômago, ainda mais quando associado com o uso de limão (aumenta a acidez), por causar distensão gástrica, e consequente produção de ácido clorídrico.

Blog do Teras - Um adulto precisa ingerir no mínimo 2 litros de água por dia, podemos incluir o tereré nessa conta?
CB - O ideal é ingerir água pura, é o que recomendamos, pois a erva do tereré é constituída por vários compostos, que podem trazer benefícios ou não, dependendo de cada indivíduo. Mas no caso da pessoa ter mais facilidade para tomar a água em forma de tereré, pode ser
contabilizado no total ingerido no dia.

Blog do Teras - No inverno, o consumo de tereré pode prejudicar a garganta?
CB - Apenas pelo motivo de ser consumido com a água bem gelada, mas não tem uma relação direta com algum problema de saúde. Pode-se tentar diminuir a quantidade de gelo, ou a quantidade consumida.

Perfil - Camila Bortoletto (CRN3 29234) é Nutricionista, Personal Diet e Home Care, e na Papo de Gaia realiza apoio e acompanhamento nutricional a gestantes.

FONTE: http://www.blogdoteras.com/2014/06/nutricionista-terere-faz-bem-dicas-saude.html