segunda-feira, 1 de junho de 2015

Azeite, um líquido de ouro!

“Em uma disputa com Poseidon, Atena oferece ao povo da nova província uma oliveira, de onde passam a extrair um líquido que alimenta, cura feridas e ilumina a noite. Vitoriosa, tornou-se patrona da cidade de Atenas e a oliveira símbolo da cidade”
  

Origem do Azeite de Oliva

O uso do azeite de oliva é milenar e não se sabe com exatidão sua origem.

Os fenícios, sírios e armênios foram os primeiros povos a utilizar o azeite, nesta época, para untar o corpo e se proteger do frio. Mais tarde, os gregos e romanos o usavam para amaciar a pele e os cabelos.

Ao longo dos tempos múltiplas utilizações lhe foram dadas. Alimentação, medicina, higiene e beleza, além de ser combustível para iluminação (lamparinas), lubrificante para as ferramentas agrícolas, impermeabilizante para fibras têxteis e elemento essencial em ritos religiosos. Hoje diversas pesquisas comprovam os grandes benefícios que o azeite de oliva pode oferecer à saúde.

Atualmente o país que possui a maior produção de azeite de oliva é a Espanha, seguido pela Itália e Grécia. A Itália é o país que mais consome azeites no mundo e os gregos apresentam o maior consumo per capita.
  
Benefícios do Azeite de Oliva:

   Previne contra a arteriosclerose;
   Melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas;
   Facilita a digestão;
   Não contém colesterol;
   Acelera as funções metabólicas;
   Produz efeito protetor e tônico da epiderme;
   Serve como estimulante do crescimento;
   Melhora a absorção de cálcio e minerais.

Classificação

   Extra-Virgem: quando a acidez não passa de 0,8% — esse teor somente é obtido através da primeira prensagem a frio a menos de 24 horas após a colheita;
   Virgem: quando a acidez não passa de 2,0%;
   Virgem Comum: quando a acidez não passa de 3,3%.


Menores valores de acidez indicam apenas que o processamento das azeitonas foi bem realizado e serve para classicar o tipo de azeite. Na degustação, a acidez não é detectável pelo sabor.

Harmonização do Azeite

O mais importante é saber o que diferencia um tipo de azeite do outro e como escolher o mais adequado para cada ocasião de uso, ou de acordo com a sua preferência particular de paladar.

Etapas para Escolha de um Azeite



 Fonte: Perdi elas rsrs
Me desculpem


Postar um comentário