sexta-feira, 29 de maio de 2015

Diferença: Ervas aromáticas, Bouquet Garni & Ervas de Provence

Ervas para animar o seu dia
Ervas aromáticas


História

Desde a Antigüidade os povos já usavam ervas para preparar alimentos. Elas eram utilizadas por causa do seu valor medicinal, para seguir tradições religiosas e também para sobrepor o gosto ruim de alimentos semi-estragados. Com o passar do tempo, os povos começaram a fazer contato uns com os outros, ampliando assim seus conhecimentos. Os romanos, por exemplo, introduziram alecrim, tomilho e segurelha na Europa Central e levaram salsa, manjericão e sálvia das colônias orientais.

Marco Polo estabeleceu um comércio com o Extremo Oriente, dando origem às grandes viagens dos exploradores às Índias e conseqüentemente à descoberta do continente americano. Das Índias foram trazidas, entre outras, a pimenta-do-reino, a baunilha e a noz-moscada, e, da América, espalharam-se pelo mundo a batata, o tomate e a cana-de-açúcar. Enquanto, na Idade Média, era moda colorir e decorar alimentos com flores comestíveis, nos dias de hoje o intenso intercâmbio comercial e as facilidades de viajar têm ajudado na divulgação de novos temperos no mundo todo.


O que são ervas
 
As ervas são partes de plantas que podem ser aromáticas, medicinais ou aromáticas e medicinais ao mesmo tempo. Também se faz distinção entre ervas secas ou desidratadas e frescas. Na secagem, evapora-se uma parte dos óleos essenciais, diminuindo assim o aroma das ervas. Os óleos essenciais, por sua vez, são misturas complexas de compostos vegetais exaltadas por certas plantas aromáticas. São produzidos nos diferentes órgãos vegetais, estando contidos em estruturas especiais ou em aparelhos secretores. Podem ser encontrados em raízes (por exemplo, raiz forte), folhas (manjericão), flores (camomila), casca de árvores (canela) e cascas de frutas (laranja).

As ervas são caracterizadas por seu conteúdo de ativos. Esses ativos são óleos essenciais, alcalóides, minerais, vitaminas e glicose, entre outros. Eles são os responsáveis pelo gosto, aroma ou ação terapêutica das ervas, dependendo da porcentagem em que estão presentes.

Como usar



As ervas aromáticas têm grande importância na culinária. Ramos inteiros ou partes picadas podem ser usadas para temperar os mais variados alimentos. Para melhor aproveitá-las, as ervas frescas devem ser adicionadas somente no final do cozimento; caso contrário, acabam perdendo os óleos essenciais. Também é comum utilizá-las como enfeite no prato ou até mesmo no drinque. Usadas sozinhas ou combinadas entre si, as ervas dão o último toque aos pratos. 

Embora existam muitas recomendações sobre qual erva combina melhor com um determinado alimento, elas não precisam ser necessariamente seguidas. Cada pessoa é livre para fazer suas próprias experiências e descobrir como encontrar os sabores que mais lhe agradam - em outras palavras, para criar ou dar seu toque pessoal na culinária.

Como armazenar ervas aromáticas


O melhor jeito de armazenar ervas é mantê-las, sob temperatura de 4 a 10ºC, acondicionas em sacos ou potes plásticos bem fechados. Ervas como dill, salsa crespa, salsa lisa, cebolinha, borago, cerefólio e estragão também podem ser congeladas inteiras ou picadas. Nelas, o aroma, os ativos e o aspecto físico são mantidos. A conserva com óleo e vinagre é outra opção. Nesse caso, os óleos essenciais passam para a solução, aromatizando-a por muito tempo. Por último, temos os patês, que são ervas ou outros condimentos misturados com óleo e sal.

Nem sempre é possível encontrar as ervas frescas durante todo o ano. Embora estas misturas gosto melhor utilizar ervas frescas, uma variação para cada receita, que utiliza ervas secas, também foi incluída. 

 Bouquet Garni
Bouquet Garni, o que significa molho de ervas, é tradicionalmente feito com uma mistura de louro, salsa, estragão e tomilho. Bouquet garni é um aroma clássico para adicionar a sopas, ensopados e molhos.

As ervas frescas são geralmente utilizados ao fazer um bouquet garni, mas secas vai funcionar bem se isso é tudo que está disponível. Uma mola ou dois de cada erva é usada e reunidos em um pacote pequeno com está vinculado, juntamente com corda ou barbante. Os pacotes são colocados em tempero do líquido de cozimento das receitas onde liberam suas qualidades aromáticas e perfumado para a refeição. O pacote de erva é retirada e descartada antes de servir o prato. 

 Bouquet Garni Receita utilizar ervas frescas:

• 1 folha de louro
• 2 talos de salsa
• 1 haste de estragão
• 3 hastes de tomilho

Bouquet Garni Receita Usando Ervas secas:


• 1 folha de louro
• 1 colher de sopa de salsa
• 2 colheres de chá de estragão
• 1 colher de sopa de tomilho



Ervas Finas


Ervas finas é uma mistura de ervas frescas picadas, que são usadas para o sabor dos ovos, queijos, saladas, sopas, ensopados e molhos. Ervas finas são mais comumente polvilhado em cima dos alimentos após ter sido cozida. Se as ervas secas devem ser substituídos, deverão ser adicionados ao prato enquanto ele está sendo cozido. O líquido de cozimento vai ajudar a reconstituir e liberar o aroma das ervas secas no prato.

Ervas Finas - Receita utilizar ervas frescas

• 1 colher de cebolinha fresca picada
• 1 colher de sopa de cerefólio fresco picado
• 1 colher de sopa de salsa fresca picada
• 1 colher de chá de estragão fresco picado



Fine Herbes Receita Usando Ervas secas

• 1 colher de chá de cebolinha
• 1 colher de chá de cerefólio
• 1 colher de chá de salsa
• 1 colher de chá de estragão


Ervas de Provence 


Os vegetais frescos, peixe, carnes de caça, sopas e guisados são apenas alguns dos pratos que podem ser aromatizadas com esse tempero mistura. Herbes de Provence é uma mistura do tempero que pode ser usado com ervas frescas ou secas. Se utilizar ervas frescas usar uma haste de cada erva e amarrá-los juntos em um pacote.  Se usar ervas secas 1 colher de chá lugar de cada erva para o centro de uma dupla camada de pano de queijo e amarre as pontas com um pedaço de corda.  Coloque o molho de ervas para o líquido de cozimento do prato que está sendo preparado, remover e descartar o pacote antes de servir.

Herbes de Provence Receita utilizar ervas frescas 

• manjericão
• flores de lavanda
• erva-doce
• alecrim
• tomilho

Herbes de Provence Receita Usando ervas secadas

•  folha de louro desintegrado
• sementes de aipo
• flores de lavanda
• manjerona
• salsa
• estragão
• tomilho
Postar um comentário