sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Amaranto, o Super Alimento

EmagracerDasfutil

Grão andino ainda pouco conhecido no Brasil, o Amaranto está desbancando a quinua e ganhando o status de Superalimento. Considerada quase milagrosa, a planta do Amaranto tem ainda uma vantagem: pode ser consumida em grãos, folhas, flores, flocos e farinha.

O Amaranto tem aproximadamente 15% de proteína com alto teor biológico, que tem todos os aminoácidos essenciais que o nosso organismo não produz, podendo ser comparada à proteína do leite. Também é fonte de cálcio biodisponível, que tem melhor absorção, o que não é comum em outros vegetais. Conta ainda com grande quantidade de fibras, fósforo, ferro, subtâncias antioxidantes, zinco e uma série de outros nutrientes. Não contém glúten, o que o transforma em mais uma opção para os celíacos.

Pesquisas da USP e da UNICAMP revelam que o Amaranto é um alimento funcional, com forte potencial para reduzir níveis de colesterol e pressão arterial e ainda exerce grande influência na regularização dos intestinos.

Uma das principais vantagens do Amaranto em relação a quinua real é a ausência de gosto residual, o que aumenta a aceitação para se fazer a substituição em farinhas, pães, farofas, bolos, sucos, doces, etc.

As pesquisas ainda vão continuar e o próximo passo é incluir a farinha de Amaranto em preparações industriais, sempre com o objetivo de aumentar o valor nutricional dos alimentos.

Fonte:
FOLHA DE SÃO PAULO e VILA MULHER
Postar um comentário