quinta-feira, 15 de julho de 2010

Confort Food - Confortando a Alma!

Há 22 anos, me lembro como se fosse hoje, eu tinha apenas sete anos, passava as minhas ferias na fazenda de um tio meu. Eu acordava todos os dias bem cedinho, pegava a minha caneca preferida enchia de Nescau e ia para o mangueiro pegar um pouco de leite, diretamente da fonte, você consegue imaginar isso? Em seguida eu voltava para a sede, entre galinhas e carneiros, parece hoje, que saudade! De longe eu escutava a minha tia me chamar "Junior, vem logo, a comida vai esfriar". E logo pensava "que mentirosa, no fogão a lenha nada esfria".
Então eu entrava na cozinha e sempre via, em cima do fogão a lenha, vermelho, todo lascado, com aquela chama linda saindo pelos poros dele, uma carne de porco na lata, como se fosse um confit suíno, um arroz carreteiro "só de falar me da água na boca", ovos cozidos e fritos, uma paçoca pantaneiro "divina" um pão caseiro com aquela cor que não existe em lugar nenhum, mandioca frita, um queijo caipira feito no dia anterior e aquele doce de leite, que tenho certeza que jamais irei comer igual.

Às vezes me pego pensando, e logo vem aquele sorriso vistoso, incontrolável! Essa é a minha história, essa é a minha comidinha preferida, na verdade era apenas o café da manha! E hoje tento passar isso para a minha filha e fazer com que ela entenda o que ha de mais precioso nesse mundo! Uma comida que conforta, conforta o momento, conforta a história e a cima de tudo, conforta a alma!

Momentos são feitos, e lembranças são marcadas, não no peito e sim no estomago!!
por Marcilio de Souza
Postar um comentário